Imprensa 1992-1994

1992

Combate

(Download: JMP_Combate_1992_1994)


– Três notas sobre o Portugal europeu. Combate, nº 152 (Mar.), p. 8-9. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 21-27.

 – PEREIRA, J. M.; COTRIM, J. P.; MATIAS, Francisco - Dicionário das poucas vergonhas. Combate, nº 152 [sic], 153 (Abr.), p. 8-9.

 – Nacionalizadas e privatizadas. Combate, nº 155 (Jun.), p. 7. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 45-50.

 – O bode: estilo madeirense. Combate, nº 158  (Out.), p. 7.

 – Descontas: a ditadura das finanças. Combate, nº 158  (Out.), p. 8.

 – D’imediato: Angola, a farsa democrática. Combate, nº  159 (Nov.), p. 8.

 – D’imediato: privatizações históricas. Combate, nº 159 (Nov.), p. 9.

– Descontas: onde está o empresário português? Combate, nº 160 (Dez.), p. 19.

– Recortes: Fronteiras 1: [Extracto do artigo “Com água pelo pescoço” de J. Martí Font, publ. em “El País”, 22 Out. 1992].. Combate, nº 160 (Dez.), p. 4

 

1993

Combate

– Mundos: o admirável mundo civilizado. Combate, nº 161 (Jan.), p. 11. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 93-96.

 – Krónica: A democracia do facto consumado. Combate, nº 162 (Fev.), p. 7. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 89-92.

 – Krónica: O que muda e o que não muda. Combate, nº 163 (Mar.), p. 7. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 13-16.

 – A fortaleza Portugal. Combate, nº 164 (Abr.), p. 11. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 97-100.

 – Juntando os cacos: Grandes princípios e ideologias. Combate, nº 166 (Jun.), p. 7. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 17-20.

 – Juntando os cacos: Muros e máfias. Combate, nº 167 (Jul.), p. 7. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 107-110.

 – Juntando os cacos: O comboio do século XXI. Combate, nº 168 (Set.), p. 6. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 85-88.

– Juntando os cacos: Pagar duas vezes. Combate, nº 169 (Out.), p. 8. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 57-60.

– Recordações da casa vermelha: Mês -6, Outubro 1974. Combate, nº 169 (Out.), p. 2

– O albergue espanhol do Sr. Porter. Combate, nº 170 (Nov.), p. 11.

– Recordações da casa vermelha: Mês -5, Novembro 1974. Combate, nº 170 (Nov.), p. 2

– O negócio dos despedimentos. Combate, nº 170 (Nov.), p. 21.

– Recordações da casa vermelha: Mês -4, Dezembro 1973. Combate, nº 171 (Dez.), p. 2

 

1994

Combate

(Download: JMP_Combate_1994_1997)


– Novas ordens, velhas desordens. Combate, nº 172 (Jan.), p. 18.

– Recordações da casa vermelha: Mês -3, Janeiro 1974. Combate, nº 172 (Jan.), p. 12

– Juntando os cacos: Informação, democracia e índios mexicanos. Combate, nº 173 (Fev.), p. 9. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 149-156.

– Recordações da casa vermelha: Mês -2, Fevereiro 1974. Combate, nº 173 (Fev.), p. 2

– D’imediato: O triunfo dos porcos. Combate, nº 173 (Fev.), p. 6.

– D’imediato: Congressistas: que futuro? Combate, nº 173 (Fev.), p. 7.

– Exílio dourado do capital. Combate, nº 174 (Mar), p. 18-19.

– Reedição de um discurso. Combate, nº 174 (Mar.), p. 22.

– Nas sombras de Abril. Combate, nº 175 (Abr.), p. 23.

– A diferença está na utopia: mesa redonda com João Martins Pereira, João Carlos, João Paulo Cotrim, Francisco Louçã e outros. Combate, nº 175 (Abr.), p. 27-29.

– Os falsos avestruzes da “construção europeia”. Combate, nº 176 (Maio/Jun.), p. 20-21. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 61-65.

– Portugal: país moderno?. Combate, nº 179 (Set.), p. 1. Republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 67-71.

– Contratempos: A fome ou a sida. Combate, nº 179 (Set.), p. 4.

– Questões (pouco paradigmáticas) a um sociólogo singular, Boaventura Sousa Santos. Combate, nº 181 (Nov.), p. 12-15. Repetido com outra paginação no número seguinte, p. 10-13, e republicado em As voltas que o capitalismo (não) deu, p. 11-123.

– Contratempos: Jovens e... independentes. Combate, nº 182 (Dez.), p. 6.

 

JL

O pânico não é bom conselheiro : [Resposta a inquérito]. JL, 3 Ago. 1994, p. 10.

 

Juventude Operária

Factos são factos, números são números: o desemprego é “uma questão psicológica”. Juventude Operária, Jan. 1994

 

Público

“João Martins Pereira: “Seremos sempre subalternos”, Público, 17 Abr. 1994

 

Vértice

O intelectual nas sociedades modernas. Vértice. II série (Maio/Jun. 1994), p. 113-117. Download PDF